Encontre no blog...



Conhecendo o Blues - Leo Maier

Conhecendo o Blues #4 – Little Walter

Considerado o mais importante gaitista da história do Blues, Little Walter mudou o curso da harmônica e foi um artista revolucionário.

Marion Walter Jacobs nasceu no estado da Louisiana em 1930. Aos 13 anos de idade já se apresentava pelas ruas de New Orleans e seu grande ídolo foi o pioneiro da gaita John Lee “Sonny Boy” Williamson.

1945 foi um ano importante em sua vida. Ele chegou a Chicago e um novo mundo se abriu para o jovem músico, então com 15 anos de idade.

Continue lendo após a publicidade

Ele realizou suas primeiras gravações em 1947 ao lado do cantor e guitarrista Jimmy Rogers, para o pequeno selo Ora Nelle.

“Eu conheci um garoto que realmente sabe tocar!”, foi o que Rogers disse a Muddy Waters se referindo a Little Walter. O trio virou um fenômeno em Chicago e logo seriam conhecidos como The Headhunters.

Em 1950, iniciam-se uma série de gravações históricas e uma parceria com Muddy Waters que é sem dúvidas uma das mais impactantes da história do blues.

Dois anos depois, a carreira de Little Walter decola quando ele lança a música Juke, um instrumental incendiário, que levou o blues e a harmônica para novos caminhos.

Continue lendo após a publicidade

Walter era um improvisador sem igual, criava temas imbatíveis e cantava de forma vibrante e visceral. Talvez ele não tenha sido o primeiro a tocar com a gaita em um microfone plugado no amplificador, mas criou sons incríveis que ecoam até os dias de hoje.

Ele gravou diversos hits como líder para o selo Checker (subsidiário da Chess Records) entre 1952 e 1967. Aliás, não posso deixar de citar três verdadeiros clássicos: My Babe, Nobody But You e Just Your Fool.

Triste fim

Walter tinha sérios problemas com drogas e com o álcool, além de ser uma pessoa que se metia em muitas encrencas. No dia 14 de fevereiro de 1968, ele se envolveu numa grande briga depois de um show e foi pra casa com fortes dores de cabeça. Foi dormir naquela noite com graves ferimentos pelo corpo e nunca mais acordou.

10 músicas para conhecer um pouco da obra de Little Walter

Just Keep Loving Her (1950) – Little Walter Trio

Continue lendo após a publicidade

Going Away Baby (1950) – Jimmy Rogers

Off The Wall (1953) – Little Walter and his Jukes

Mellow Down Easy (1954) – Little Walter and his Jukes

Hoochie Coochie Man (1954) – Muddy Waters

Continue lendo após a publicidade

Sugar Sweet (1955) – Muddy Waters

It Ain´t Right (1956) – Little Walter and his Jukes

Temperature (1957) – Little Walter

Crazy Mixed Up World (1959) – Little Walter

Continue lendo após a publicidade

Crazy Legs (1961) – Little Walter

ACOMPANHE

FacebookTwitterInstagramSpotifyYoutube
PUBLICIDADE

CATEGORIAS

PUBLICIDADE

Posts relacionados

BR

Weslley Amaral dos Santos, o Wescritor, tem 24 anos e é um tupinambá na Baixada Santista. O rapper aborda pautas indígenas e reverbera ancestralidade...

Disqueria - Carlos da Hora

A artista pernambucana Duda Beat divulgou no fim do mês de abril, seu segundo trabalho em estúdio. A temática de ‘sofrência’ ainda segue muito...

Especiais

Dois grandes guitarristas unidos em um projeto de tirar o fôlego. Adrian Smith e Richie Kotzen estrearam o álbum Smith / Kotzen, projeto gravado...