O que você está procurando?

Ouvi no Filme - Lupa Charleaux

Conheça algumas contribuições de Chris Cornell para o cinema

Além de ser um incrível frontman a frente do Soundgarden, Temple Of The Dog e Audioslave, Chris Cornell também foi um músico que colaborou com trilhas sonoras de diversos filmes ao longo da sua carreira. Ele emprestou sua voz para alguns temas de longas metragens de diferentes gêneros.

Como uma homenagem ao músico que nos deixou de forma trágica no último dia 17 de maio, esta edição do Ouvi No Filme vai destacar alguns dos trabalhos de Cornell para grande tela. O que reforça a ideia de como a música perdeu bastante com a sua morte.

Continua depois da publicidade

Obviamente tenho que falar de Singles – Vida de Solteiro (1992). um filme que registra a explosão do movimento grunge em Seattle e que já foi tema aqui da coluna. Cornell, que quase foi protagonista da história, faz diversas participações no longa dirigido por Cameron Crown.

Além de ceder algumas faixas do Soundgarden para a trilha sonora, o músico também criou composições exclusivas para o filme. Como é o caso de Seasons, que anos mais tarde foi utilizada também no filme Homem de Aço (2013).

Em 2006, Cornell entrou para a lista dos pouquíssimos artistas que escreveram uma música para os filmes da franquia 007. You Know My Name é uma parceria com o compositor David Arnold para o longa Casino Royale.

Continua depois da publicidade

Os produtores procuraram o músico pois queriam uma voz masculina bastante poderosa, após vários temas cantados por mulheres e por isso o escolheram para ser o intérprete. Outro detalhe interessante: Cornell e Arnold escreveram uma canção que refletisse a inexperiência do personagem James Bond como acontece na história que saiu dos livros do escritor Ian Fleming para os cinemas. Por coincidência, esse episódio marcou a estreia do ator Daniel Craig na série.

You Know My Name concorreu ao Grammy, mas apenas ganhou as premiações de Melhor Canção no Satellite Award e no World Soundtrack Award.

Cornell voltou a “trabalhar” com em heróis em 2012, quando o Soundgarden foi convidado para fazer a música tema de Os Vingadores. Live To Rise é uma das faixas pesadas do álbum  Avengers Assemble e tem um caráter bem especial para a banda. Foi a primeira composição gravada e lançada após o retorno do grupo em 2010.

Continua depois da publicidade

No ano seguinte, Cornell voltou a contribuir com a trilha sonora de outro grande filme. Em 12 Anos De Escravidão (2013), o músico fez um dueto com a cantora Joy Williams na faixa Misery Chain. O resultado da parceria foi uma canção emocionante que funcionou muito bem ao vivo durante uma apresentação no programa David Letterman.

O último trabalho de Cornell para o cinema foi a faixa The Promise, feita para o filme do mesmo nome lançado em abril deste ano nos Estados Unidos. O músico contou a Rolling Stone americana que teve uma rápida conexão com a proposta do longa.

Continua depois da publicidade

Abaixo, um trecho da entrevista:

“Este filme é uma ótima oportunidade de contar uma história que precisa ser contada, de ajudar na cura de algo que aconteceu em um lugar e época específicos, mas que também nos lembra do que está acontecendo agora e nos lembra do que devemos procurar. Você pode ver a Síria agora, onde há um regime que está tentando negar que [mortes] estão acontecendo e você tem o Estado Islâmico do outro lado, que está com outro grupo na mira e faz propaganda disso.”

Todos os lucros obtidos com The Promise estão sendo doados pelo músico para a organização International Rescue Committe, responsável por apoiar projetos em locais que passam por crises humanitárias. Eles contribuem fazendo ações que melhoram a saúde e educação de pessoas em zonas de conflitos.

Essa foi uma pequena homenagem do Ouvi No Filme para o Chris Cornell que realmente irá fazer falta no mundo da música e do cinema também. E como no parágrafo acima, será uma pessoa que fará falta para o mundo como um todo.

Continua depois da publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Especiais

Tom Morello está de volta! Nesta sexta-feira (15), o lendário guitarrista lançou o álbum solo, The Atlas Underground Fire. Aliás, o sucessor de The...

Gringolândia

No One Sings Like You Anymore, uma coleção de dez covers de canções selecionadas a dedo por Chris Cornell, chegou ao streaming nesta sexta-feira...

Desfibrilador - Vinicius Souza

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos