Encontre no blog...



Pega a Visão - Isabela dos Santos

“Fiz uma mina chorar por uma mina que me fez chorar”: o que Coruja nos ensina sobre relacionamentos em Tarot?

Atenção, esse texto é uma percepção pessoal. 

*****

Sabe quando aquela música te pega e você se identifica muito? Então, foi o que aconteceu. 

Continue lendo após a publicidade

O rapper Coruja BC1 lançou o álbum Brasil Futurista no último dia 18 de novembro e dentre as composições está a música Tarot. Tudo bem que ele já tinha lançado ela como single antes do álbum, em setembro, e eu fiquei encantada logo de cara, mas só agora consegui, ou seja, tive tempo de escrever. 

Mas vamos ao que interessa. Um verso me pegou de jeito.

“Eu fiz uma mina chorar por uma mina que me fez chorar. Se pá ela ficou assim porque outro cara fez ela chorar. Pra se isentar de um erro, encontre alguém pra culpar…”. Coruja BC1- Tarot

É isso!

Primeiro que quando eu ouvi essa parte eu fiquei “é isso, alguém me entende”. Me fez refletir sobre relacionamentos, até porque pessoalmente me identifiquei com a letra. Me lembrou muito de um sentimento que eu tinha e de algumas situações que vivi. 

E aqui vai a minha visão. Coruja escancara algo que acontece muito na nossa geração, até porque nós temos a mesma idade. Muitas vezes transferimos erros/traumas/experiências de relações anteriores para as próximas. 

Continue lendo após a publicidade

Adivinha? Vira um ciclo! Nós machucamos ou somos machucados por pessoas que amamos porque essa pessoa foi magoada ou porque fomos magoados anteriormente. 

É justo fazer alguém chorar por conta de outra pessoa que te fez chorar?

Pessoalmente, já me senti nesse lugar. Sentia que eu não podia errar, não podia perder a cabeça na relação. Qualquer coisa que fizesse e fosse fora daquilo que a pessoa achava que era ideal era como se eu tivesse feito algo muito grave.

O fato é que eu sabia que essa pessoa tinha sofrido muito no relacionamento anterior, então fazia de tudo para atender os altos padrões que essa pessoa procurava em outra. O que me fez ficar desgastada. Até refletir: por que me pressionei tanto para compensar algo que não fui eu a responsável?

Atribuir a responsabilidade ao próximo, ou a culpa, como o próprio Coruja coloca, de lidar com a dor de um relacionamento anterior não é justo

Linha Tênue

Sei que a nossa geração, a parte que tem acesso à informação, está mais consciente  da importância de relacionamentos saudáveis. E nós temos mesmo que procurar por pessoas que nos valorizem e que querem crescer conosco. 

Continue lendo após a publicidade

Mas para isso precisamos entender a linha tênue entre não aceitarmos menos do que merecemos e de atribuirmos ao outro a responsabilidade de compensar uma ferida que não foi feita pela pessoa atual e sim por um relacionamento passado. Nesse caso, a cura tem que vir da própria pessoa. 

E sabe de uma coisa? Caso isso não ocorra, geralmente o próximo relacionamento não dá certo. Você não está curado de um relacionamento passado e ainda machuca a pessoa do relacionamento atual. E essa pessoa pode encontrar outra pessoa para machucar por ter sido machucada… 

Enfim, o ciclo continua e todo mundo acha que o “amor morreu”, como diz o próprio Coruja na música.

Mas não é verdade. Só precisamos estar curados para amar e encontrar alguém que também esteja. E precisamos fazer isso por nós mesmos, para nosso rancor não respingar e culpar uma pessoa (provavelmente a pessoa amada) que nem estava na sua vida quando você foi machucado (a).  

Continue lendo após a publicidade

Escute o que a vida tem pra ensinar em Tarot

Como diz o fim do verso “pra se isentar de um erro, encontre alguém pra culpar ou silencie a mente e escute o que a vida tem pra ensinar”. Nessas horas, eu prefiro silenciar minha mente e escutar o que aquele relacionamento que não deu certo teve para me ensinar. 

E é essa visão que queria compartilhar. Não sei se é só uma visão muito pessoal minha ou se mais pessoas se identificam. Mas precisava escrever. 

Obrigada Coruja por ter colocado essa letra no mundo.

Continue lendo após a publicidade
PUBLICIDADE

CATEGORIAS

PUBLICIDADE

Posts relacionados

BR

A banda paulistana Terno Rei lançou, nesta terça-feira (18), Dias da Juventude, canção que abre seu quarto álbum de estúdio e que sucede o...

BR

Os hiperprodutivos do Benjamim Saga não param! O projeto de Dejair Benjamim (Tchandala) lançou o documentário e making of do single Mar e Pólvora....

Gringolândia

Uma das revelações da música em 2021, Oliver Tree anunciou seu aguardado novo álbum, Cowboy Tears, via Atlantic Records. Abarcando um som country, vibrante,...

Gringolândia

Após o lançamento dos singles Spirit, Power & Soul, Sensory Street e Tenement Time no final de 2021, Johnny Marr dividiu com os fãs,...