O que você está procurando?

Geral

Chromatica: Lady Gaga entrega tudo em novo álbum

Chromatica é o retorno de Lady Gaga para o pop. O disco, que chegou nesta sexta-feira (29) ao streaming, é o sexto de estúdio da artista. Entre as 16 faixas, há colaborações de peso com Ariana Grande, Elton John e Blackpink.

Chromatica I

Com instrumentais nos dá a impressão de estar adentrando um mundo de aventuras e descobertas. Seria essa a introdução da nova era?

Alice

Adentrando o novo universo, a faixa Alice faz referências ao mundo fantasioso do filme de Alice no País das Maravilhas. A diva se diz perdida, tentando se encontrar. “Meu nome não é Alice, mas continuarei procurando o país das maravilhas”.

Continua depois da publicidade

Stupid Love

Sendo o primeiro single lançado, Stupid Love se encaixa melhor dentro que fora do álbum. Com referências aos anos 1980 e 1990, Gaga se diz apaixonada, e que só o amor pode salvá-la.

Rain On Me

Tendo colaboração com Ariana Grande, Rain On Me foi o segundo single lançado antes do álbum. O clipe já bateu mais de 59 milhões de views no YouTube. A voz suave voz de Ariana entrelaçada com a de Gaga deu muito equilíbrio para tornar a música sutil. Foi tudo que os fãs pediram.

Free Woman

Trazendo referências de música dance dos anos 1990, Free Woman tem seu maior destaque pela letra. A faixa é um empoderamento feminino, no qual Gaga se diz uma mulher livre. A música é relacionada ao abuso que Lady Gaga sofreu aos 19 anos, pelo seu ex produtor.

Fun Tonight

Sendo introdução para a próxima faixa, Fun Tonight é mais suave. Quando parece que a música vai estourar no refrão, se acalma. Tem uma pegada teatral, mas que a torna agradável de escutar.

Continua depois da publicidade

Chromatica 2

Possuindo uma sonoridade instrumental, o interlúdio de Chromatica II adentra o drama, mas com um toque de suspense. Mesmo sendo curta, é essencial para a próxima faixa.

911

A voz robótica de 911 tem o estilo retro futurístico. Com sentimento de culpa, Gaga diz ser sua própria inimiga, tendo como justificativa erros cometidos no passado.

Plastic Doll

Produzido por Skrillex dentre outros produtores, Plastic Doll fala sobre a objetificação que a mulher sofre. Em sua letra percebe-se que é uma declaração de superação.

Sour Candy

Formando parceria com as as meninas do grupo de K-pop BlackPink, Sour Candy foi a última música lançada antes do álbum. Em sua primeira hora de lançamento bateu 15 milhões de acessos, chegando a entrar na parada do iTunes em mais de 50 países.

Continua depois da publicidade

Tem rendido muita discussão no Twitter. O pontapé inicial foi porque a música lembra Swich Swich, de Katy Perry. Acontece que ambas das musicas usaram o mesmo sample, What Theo Say, de Maya Jane Coles.

A faixa parece ser mais de BlackPink que de Gaga. Entretanto, é bem gostosa de escutar.

Enigma

Essa faixa é composta por electro pop e um vocal estilo Gaga raiz. Enigma é bem dançante. Uma pena não termos balada no momento.

Replay

Com um desabafo autodestrutivo, Lady Gaga se diz confusa e perturbada psicologicamente. É música de fim de balada, bem harmônica.

Continua depois da publicidade

Chromatica III

O último interlúdio, Chromatica III nos direciona para o que seria o o fim do álbum.

Sine From Above

Olhei e gritei, que hino!

Com parceria de Elton John, Sine From Above é teatral. As vozes dos artistas cantam separadas, juntas, se intercalam… É um verdadeiro show! Totalmente empolgante e jovial.

1000 Doves

Seguindo o ritmo anterior, 1000 Doves fala sobre superação. É inteiramente mística, expressando muito sentimento em sua letra.

Continua depois da publicidade

Babylon

Encerrando a discografia, Babylon parece música de desfiles dos anos 1990. Tem semelhanças com Vogue de Madonna. É a aquele som que você escuta e grita: ARTISTA!!! Foi a chave de ouro que fechou a nova era pop.

Notas sobre Chromatica

Em suma, o álbum inteiro é agradável, mesmo com músicas que não são tão atrativas. Lady Gaga conseguiu trazer tudo o que seus fãs pediram. Com a mistura de dance, eletrônica e suas referências à uma época marcante que foram os anos de 1980, cravou sua nova fase, trazendo uma nova tendência para o pop. E mais uma vez, Gaga mostra ser uma artista única.

Em outras palavras: Conceito, coesão e aclamação.

Continua depois da publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos