Encontre no blog...



BR

Felipe Borg dá melodia ao poema de Casimiro de Abreu

Poderia ter ficado na brincadeira, no ímpeto do aluno que vislumbrava uma nota maior em Literatura no Ensino Médio, mas o talento do cantor e compositor Felipe Borg não deixou o seu ‘hit da adolescência’ se perder. De autoria de Casimiro de Abreu, o poema Meus Oito Anos ganhou nova versão.

“Repaginar esta canção foi a forma que encontrei de reviver os bons tempos da escola e incentivar as pessoas a lerem mais”, explica Borg.

A mistura de música e Literatura, não foi em vão. Quando ainda estava na escola, a necessidade de alguns pontos para passar de ano fez com que o jovem tentasse agradar a professora. “Peguei meu violão, que era o que eu tocava na época, e apresentei para ela o poema em forma de música. Ganhei os pontos que faltavam e até hoje os colegas cantam a letra de cor e salteado”, relembra sorrindo.

Continue lendo após a publicidade

Ainda de acordo com o artista, a canção tem essa versão antiga, que os amigos da escola cantam até hoje e foi um verdadeiro sucesso, e a mais recente, pensada para o lançamento.

Calma e paz

Mesmo tendo o piano como instrumento principal, o cantor gravou Meus Oito Anos de forma que remetesse à versão original. Assim, a música transmite sensações de calma e paz com um duo de voz e violão.

“Minhas canções costumam ser mais alto astral, falam de sentimentos, de vivências e histórias da minha vida. Essa tem uma outra pegada”, afirma Borg.

O single foi produzido por Rique Azevedo como o selo Cada Instante e mixada por Matheus Pinheiro, o Math.

Continue lendo após a publicidade

Carreira

Apesar da recente estreia na carreira profissional, Felipe Borg reúne diversos singles e uma experiência vasta com a música. Incentivado pelos pais, o artista resolveu se dedicar com otimismo ao seu sonho, após se formar em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda.

“Meu pai chegou a cantar em navios, cresci vendo minha irmã cantando. Então a música sempre esteve presente. Foi quando eu tinha 11 anos que comecei a aprender a tocar violão sozinho, autodidata. Depois, tive oportunidade de entrar para o Centro Musical Antônio Adolfo”, conta o artista.

Tendo como referência musical os artistas Samuel Rosa e Vitor Kley, Felipe compôs outras canções no estilo pop como, por exemplo, Tunico, inspirada em um colega da faculdade. Neste ano, o artista disponibilizou Te quero tão bem, feita para a namorada e com quase 20 mil players no Spotify, o single Vem e, agora, prepara a canção Meus Oito Anos.

Continue lendo após a publicidade

ACOMPANHE

FacebookTwitterInstagramSpotifyYoutube
PUBLICIDADE

CATEGORIAS

PUBLICIDADE

Posts relacionados

Gringolândia

A banda Thunder disponibilizou nesta sexta-feira (15), o singe Going To Sin City. Ademais, a faixa é o segundo trecho divulgado do disco All...

BR

Um remix da faixa Absurdo, criada em parceria de WEKS e Day, foi divulgado nesta sexta-feira (15). Em resumo, a nova versão é assinada...

BR

Quem está de música nova é a banda Surr. Nesta quarta-feira (13), o grupo trouxe o single José para as plataformas de streaming. “É...

Gringolândia

O NOFX informou nesta terça-feira (12), que irá lançar mais um disco. Intitulado Single Album, o trabalho será o décimo quarto em estúdio da...