Nossas redes

O que você está procurando ?

Crédito: Tiago Queiroz

BR

Duo que une synthpop e dream pop, S.E.T.I. comemora 10 anos com single

O S.E.T.I. abraça contradições e dualidades em um single que anuncia sua próxima fase. O duo paulista formado por Roberta Artiolli (voz e synths) e Bruno Romani (guitarra, baixo e programação) completa dez anos de trajetória em 2022 e anunciou, com o single Perder É Ganhar, o álbum Vivo.

A faixa traz o som entre o nostálgico e o futurista do projeto, dialogando esteticamente e liricamente com os dilemas atuais.

Após explorar temas políticos e “macro” no disco Supersimetria (2018), o duo abraça temáticas intimistas sob uma perspectiva mais otimista – é um contraponto ao EP Êxtase (2015).

Publicidade

Com o novo disco, a ideia é dar a volta por cima, mostrando que estamos “vivos” – daí o nome do próximo trabalho. Na nova faixa, a banda abraça as suas próprias dualidades.

“A música fala sobre uma pessoa que pensou demais em ser alguém que não conseguia e que entendeu que muito do que parece uma derrota significa somente autopreservação”, explica Roberta.

“Toda a proposta do disco novo em termos sonoros é olhar para os artistas dos anos 1980 que mais gostamos e aplicar uma linguagem mais atual. No caso de Perder é ganhar, a música olha para os discos do Depeche Mode do meio dos anos 1980 e aplica elementos que não estavam no arsenal da banda, como beat mais próximo do rap, guitarras melódicas e samples de voz tocando como teclados”, completa Bruno.

Formado em 2012, S.E.T.I. explora samples, reverbs, eletronika e guitarradas. Caminhando entre dream pop e synthpop e sempre cantando em português, o projeto tirou seu nome da sigla em inglês para Search for Extraterrestrial Intelligence (busca por inteligência extraterrestre), utilizada para projetos e pesquisas sobre a vida fora da Terra.

Publicidade

Na discografia, constam os EPs Inviolável Fim (2013) e Êxtase, além do álbum Supersimetria.

Em 2016, o S.E.T.I. participou do disco O Pulso Ainda Pulsa, que homenageou e recebeu atenção dos Titãs. Dois anos mais tarde, foi a vez de colaborar com o disco Das Verdades que Eu Sabia, que homenageou e rendeu elogios de Guilherme Arantes.

Em 2017, o S.E.T.I. foi escolhido pela marca de roupas Levi’s para participar do projeto Original’s Studio, o que rendeu a gravação do single O Ilusionista e a participação, decidida por votação popular, no show Casa Levi’s.

Publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

BR

Depois do lançamento da nostálgica Um recado pra mim, a cantora, compositora e pianista paulistana Vivi Rocha mostra uma faceta um pouco mais romântica...

BR

Músicas climáticas e que brincam com os sentidos são uma das muitas facetas de Dramón, projeto de ambient e eletrônica do músico Renan Vasconcelos....

BR

O trio Barba Ruiva explora outros lados do seu versátil repertório no compacto Notícias. O lançamento celebra os cinco anos do selo Caravela Records...

BR

Valentin faz de suas canções um livro aberto sobre as dúvidas e dilemas do amadurecimento, uma MPB urbana e crua que dialoga com as...

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos