O que você está procurando?

Especiais

Monsta X encerra turnê com show lotado em São Paulo

Algumas barracas já estavam há três meses montadas em frente ao Espaço das Américas, em São Paulo. O motivo era o show de encerramento da Monsta X – The Connect World Tour, que aconteceu no domingo (12).  Esse foi o primeiro espetáculo que o grupo de K-Pop realizou no Brasil.

O frio de 11° que fazia na Capital não foi um impedimento para que os fãs chegassem cedo e garantissem um bom lugar na fila para ver os ídolos de perto.

Apesar de alguns problemas na organização do evento, que aconteceram antes da abertura dos portões da casa, os horários marcados foram cumpridos à risca. As quase 8 mil pessoas já demonstravam animação cantando algumas músicas que estavam sendo tocadas no Espaço, antes mesmo dos integrantes subirem ao palco.

Continua depois da publicidade

O show teve início exatamente às 19h, como previsto. Shownu, Wonho, Minhyuk, Kihyun, Hyungwon, Jooheon e I.M abriram com Jealousy, o single do último álbum lançado pelo grupo. Cheios de animação e caprichando na coreografia, eles fizeram o público sair do chão com Be Quiet. Antes do início de Beautiful, outro sucesso do grupo, o rapper Jooheon levantou ainda mais os fãs dizendo “Dá um grito!”, em português.

Só depois da abertura, o Monsta X fez uma pausa para respirar e conversar um pouco com a plateia. Falando em coreano, uma tradutora passava as mensagens dos membros para o português.

Como de costume em shows do K-Pop, o líder da equipe, Shownu, apresentou o grupo e depois cada integrante foi falando seu nome. O vocalista Wonho demonstrou preocupação dizendo “Vocês estão bem? Soubemos que nossas monbebes (nome dado para as fãs do grupo) passaram frio na fila”. O rapper e maknae (o mais novo do grupo) I.M confessou que o grupo estava muito empolgado para vir ao Brasil, depois de o País ter ficado de fora da turnê do ano passado.

Continua depois da publicidade

Sempre se divertindo no palco, os integrantes arriscaram passos de funk, como a famosa sarrada e o passinho do Romano, enquanto Jooheon mostrava seu talento no beatbox. Depois, foi a vez do vocalista Minhyuk arrancar risos do público com seu samba no pé.

Após cantar e dançar mais algumas músicas autorais, o Monsta X se dividiu e apresentou covers de Versace on The Floor (Bruno Mars), Fake Love (Drake) e How Long (Charlie Puth). Logo em seguida, eles voltaram a se reunir para cantar From Zero, escrita pelo vocalista Wonho, Because of U, White Love e Roller Coaster.

Continua depois da publicidade

Nas pausas para troca de figurinos, o espetáculo do grupo sul-coreano contava com vídeos interativos, onde os integrantes respondiam algumas perguntas ou diziam mensagens para entreter o público. A emocionante produção exibida antes de Lost in The Dream, que falava sobre a mensagem do mini álbum The Connect, arrancou lágrimas dos fãs.

Mais bonito ainda foi quando a música começou e os integrantes voltaram ao palco para cantá-la. Como uma surpresa para o grupo, os monbebes distribuíram na fila do evento pedaços de papel celofane verde (representando a cor do último álbum), que foram presos na lanterna dos celulares. Todos levantaram as luzes durante a música, formando o que foi chamado de green ocean (oceano verde).

Destroyer, que também faz parte do álbum The Connect, foi a responsável por levantar a energia do público novamente. O show continuou com as famosas Shine Forever, Rush, Special, Tresspass (música de estreia deles) e Dramarama. Durante as pausas feitas para conversar com o grupo, o vocalista Kihyun disse que estava impressionado com os fãs cantando todas as músicas em coreano. “Esse foi o único País que cantou em coro com a gente, não estamos mentindo” , confirmou o rapper I.M.

Continua depois da publicidade

O encerramento da apresentação, que teve 23 canções e 2h30 no total, foi feito com a agitada Fallin e a mais tranquila If Only. Com bandeiras do Brasil, vestindo camisetas de memes sobre eles (piadinhas inofensivas feitas na internet) e segurando apetrechos que o público jogou no palco, os rapazes se emocionaram e caíram no choro durante a despedida quando os fãs começaram a gritar “Monsta, eu te amo”.

“Não teria melhor jeito de encerrar essa turnê, se não no Brasil. Fechamos com chave de ouro”, falou I.M, ao prometer para o público que (se depender deles) o Monsta X vai retornar ao País na próxima turnê do grupo.

Continua depois da publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Agenda

A banda norte-americana The Smashing Pumpkins retorna ao Brasil para dois shows no final do ano. As apresentações acontecem em Brasília (1/11, na Arena...

Agenda

Rodrigo Santos (Barão Vermelho), Andy Summer (The Police) e João Barone (Paralamas do Sucesso) se reúnem em São Paulo, no dia 3 de agosto,...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos