O que você está procurando?

Especiais

Em show com feat de IZA, Alicia Keys encanta com hits e simpatia

A nova-iorquina Alicia Keys pode facilmente ser incluída em um top 10 das maiores cantoras dos últimos 30 anos. Na última sexta-feira (5), no Allianz Parque, a artista comprovou a força do seu trabalho. É completa: tem um alcance vocal incrível, toca piano como poucos, esbanja carisma o tempo todo e ainda traz surpresas muito agradáveis ao palco.

Diante de uma configuração diferente do Allianz Parque, com cadeiras espalhadas por todo o gramado, Alicia Keys deixou bem claro que ninguém precisava ficar sentado. Bastou entrar em cena que o público todo já estava de pé. E permaneceu assim até o fim.

Nat King Cole, You Don’t Know My Name, Wasted Energy, Karma e New Day formaram o cartão de visitas de Alicia para o público paulistano.

Continua depois da publicidade

Com o estádio inteiro na mão, Alicia promoveu a surpresa da noite. Enquanto cantava Un-Thinkable (I’m Ready), ela recebeu a cantora IZA para um medley com Dona de Mim, da artista carioca. Vale lembrar que nas outras duas passagens pelo Brasil, Alicia também protagonizou feats com artistas locais: Maria Gadú (2017) e Dream Team do Passinho e o sambista Pretinho da Serrinha (2019).

So Done, Show Me Love e Diary vieram na sequência, antecedendo a mudança de palco. 

Segundos depois, Alicia Keys surgiu em uma cabine de DJ bem próxima do fim do gramado. A partir desse ponto, a cantora se divertiu com uma sequência de hits, covers e batalhas. Deu uma passada rápida por The Gospel e Plentiful, além de tocar Nobody (DJ Khaled).

Logo depois, brincou de batalha: Original X Unlocked. Tocava trechos e perguntava como o público preferia. Skydive foi mais festejada no Original, enquanto Is It Insane e Only You na Unlocked.

Continua depois da publicidade

O tempo na cabine de DJ, um pouco extenso, por sinal, ainda teve uma rápida execução de My Boo (Usher) antes de entrar em City of Gods e na épica Empire State of Mind (Part II) Broken Down.

Foi ao som de Empire State of Mind que Alicia retornou ao palco principal, passando pelo corredor dos fãs. O momento catártico parecia até o encerramento da apresentação. Mas com tantos hits na manga, todos sabiam que viria muito mais.

Não tardou para Girl on Fire, Fallin’ e No One fossem cantadas, sendo acompanhadas no sing along dos fãs.

Alicia faz um daqueles shows que não nos dá vontade de ir embora do estádio. Se cantasse a noite toda, poucos ousariam ir embora do Allianz. Like You’ll Never See Me Again (com um trechinho de Purple Rain, de Prince) e If I Ain’t Got You deram minutos finais ao concerto, que ganhou uma versão bonitinha no Spotify. Ouça abaixo.

Continua depois da publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Agenda

A banda norte-americana The Smashing Pumpkins retorna ao Brasil para dois shows no final do ano. As apresentações acontecem em Brasília (1/11, na Arena...

Agenda

Rodrigo Santos (Barão Vermelho), Andy Summer (The Police) e João Barone (Paralamas do Sucesso) se reúnem em São Paulo, no dia 3 de agosto,...

Agenda

Com um recém-lançado álbum de estúdio, o décimo da carreira, a banda escocesa Travis volta ao Brasil após 11 anos da estreia no país...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos