Nossas redes

O que você está procurando ?

Geral

Sucesso em Santos nos anos 1990, Last Joker ressurge no Reino Unido com Miguel Mega e Roddy B

Entre o final dos anos 1980 e início da década de 1990, Santos viu o surgimento de muitas bandas de hard rock, boa parte delas influenciadas por Guns n’Roses, Aerosmith, Poison, Skid Row e outros nomes marcantes da cena norte-americana. Uma delas era a Last Joker, que já contou em sua formação com dois ex-integrantes do Charlie Brown Jr: Renato Pelado e Marcão Britto.

Hoje, 21 anos após o término do grupo, o guitarrista Miguel Mega, um dos fundadores da Last Joker, resgatou o trabalho e o reformulou com carreira internacional. Morando em Londres, na Inglaterra, o músico se uniu com outro santista, Rodrigo BV (Roddy B) e outros dois britânicos para compor sons novos e relembrar velhas canções que embalaram os jovens santistas.

Publicidade
last_joker

Formação com Marcão (segundo da esquerda para direita) e Pelado (ponta direita), dois ex-Charlie Brown Jr

 

Em 2014, pouco antes de seguir para o Reino Unido, Mega já havia dado os primeiros sinais do retorno da Last Joker. “Comecei a compor o que seria o novo CD da banda, compus todas as músicas e letras, gravei guitarras e baixos e pedi para os meus amigos e grandes músicos Enrico Bagnato (bateria), Claudio Mauriz (teclados) e Cristopher Clark (vocal) para gravarem as músicas que serviriam como uma demo. Já tinha a ideia de montar uma nova banda ou até mesmo remontar a Last Joker no Reino Unido e assim já chegaria com material pronto”.

O trabalho que Mega levou para a Europa, no entanto, não foi aproveitado. “Talvez aproveite no futuro ou até lance esse CD como um tesouro perdido, um presente para os fãs”. Mesmo sem conversar com os ex-integrantes, o guitarrista afirma que todos enviaram mensagens de parabéns e boa sorte na nova empreitada da Last Joker.

A nova fase da Last Joker, com os integrantes da terra da rainha, já rendeu um álbum e muitos shows pela Europa. “Em menos de seis meses compus e gravamos o CD Ulterior Motives, lançado em 2015 pela gravadora holandesa Into The Limelight Records. Desse trabalho saiu um videoclipe para o single Kissed by the Lake, que teve excelente aceitação por parte de público e mídia internacional especializada”.

lastjoker2

Foto da formação com o baixista Cameron Blythe que acabou de sair da banda

O sucesso de Ulterior Motives pode ser medido pela quantidade de shows do grupo na Europa. São várias apresentações realizadas no Reino Unido e datas agendadas na Holanda e Espanha. “Tocamos no Cart and Horses em Londres, que é um lugar onde o Iron Maiden tocava muito no início de carreira. No mês passado, fomos headliner (atração principal) no O2 Academy, em Newcastle”.

Na Espanha, o grupo se apresenta em setembro, no IX Doctor Metal Fest, em Barcelona, ao lado de dois grandes nomes do metal mundial: Bonfire e Grim Reaper.

Publicidade

E se você pensa que a produção teve uma baixa, está enganado. Mega e seus companheiros de banda estão terminando a pré-produção do novo CD da Last Joker, com previsão de lançamento para meados de 2017. “O público pode esperar o bom e velho hard rock, uma continuação e amadurecimento do Ulterior Motives, músicas com refrões que colam nos ouvidos e bem trabalhado”.

Integrantes
O retorno da Last Joker se materializou quando Mega reencontrou o amigo santista Rodrigo BV. “O Roddy, além de grande cantor, tem muita experiência, cantou na maior banda de cover do Iron Maiden, na Inglaterra. Passou dois anos no Avenger, grupo que foi lançado na mesma fornada do Iron Maiden na New Wave of British Heavy Metal, no início dos anos 1980. Ele também foi cantor do Abbadon, projeto solo do baterista da formação original do Venom, Tony Bray”.

Além de Roddy, Mega ganhou a companhia de outro santista na fase britânica da Last Joker. O guitarrista Yves Martins teve uma breve passagem pelo grupo. “Ele fez parte do embrião da nova fase e tocou no primeiro show da Last Joker, mas por indisponibilidade de horários não pôde continuar na banda”.

O inglês Adam Proud, na bateria, segue desde o início na formação britânica da Last Joker. O baixo atualmente está vago, mas o grupo está com audição aberta para preencher o posto, que já foi de Al Pringle e Cameron Blythe.

Publicidade
lastjoker1

Uma das formações mais clássicas do Last Joker

Em sua fase inicial, em Santos, a Last Joker era presença constante nas casas Zoom e Lofty, além do Bar do Torto. Tinha como contemporâneas as bandas Mr. Green (Champignon, ex-Charlie Brown Jr, tocou nela), Merlin, Warkings, Mestra, Dr. Die e Jellyfish.

Fundada por Mega e o baixista Fernando Rodrigues, a Last Joker já teve como integrantes, além de Pelado e Marcão, o baterista Tato Borba, o vocalista Cristopher Clark, o baixista Marco Santana e o tecladista Amauri Rodrigues.

Publicidade
1 Comment

1 Comment

  1. Roddy B

    29 de fevereiro de 2016 at 14:44

    Galera, tem alguns cds a venda na Blaster, procurem o Rafa !!!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos