Nossas redes

O que você está procurando ?

TV e Cinema

Crítica | Desaparecida

Engenharia do Cinema

Após o estrondoso e inesperado sucesso de “Buscando…“, em 2018 (custou US$ 880 mil, rendeu cerca de US$ 75.2 milhões mundialmente), era óbvio que a Sony Pictures iria investir em uma continuação. Embora não continue os eventos do citado, “Desaparecida” mostra um outro caso de desaparecimento, mas na mesma pegada de narrativa, pela qual acompanhamos tudo na tela de um computador, por intermédio de chamadas de Skype, WhatsApp, sites e até aplicativos desktop.

Após perceber que sua mãe Grace (Nia Long) não retornou de uma viagem para a Colômbia, com o novo namorado, June (Storm Reid) começa uma enorme busca pela própria, mas direto dos EUA. Este é o típico suspense, onde quanto menos soubermos do enredo, será melhor.

Publicidade

Imagem: Sony Pictures (Divulgação)

Um mérito deste projeto, são os roteiristas Will Merrick Nick Johnson (que também assinam a direção) estarem cientes das novas possibilidades que poderiam ser feitas neste projeto, e que fossem além do que já deu certo no antecessor (que são os populares plot-twist). Como o cenário de comunicação da internet evoluiu bastante, desde o lançamento do original, agora existem novas redes, maneiras e canais que June utiliza na busca de sua mãe.    

E realmente Reid consegue exercer várias tonalidades diferentes em sua interpretação, principalmente nas cenas que exigem uma carga dramática mais densa. O mesmo pode-se dizer de Joaquim de Almeida (“Velozes e Furiosos 10”), que facilmente consegue conquistar o espectador por conta do nítido carinho que ele aparenta ter com a citada.

Desaparecida” foi uma grata surpresa neste ano, e consegue ser muito mais audaciosa e original com relação ao longa antecessor.

Publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

TV e Cinema

Engenharia do Cinema A humanidade possui diversas perguntas, sem resposta. Uma delas que vai se perpetuar durante anos vai ser como a Sony Pictures...

TV e Cinema

Engenharia do Cinema “Homem-Aranha no Aranhaverso” conseguiu ser uma das melhores animações dos últimos anos, e trouxe o primeiro Oscar de longa animado para...

TV e Cinema

Engenahria do Cinema Realmente estamos em uma época onde o gênero de terror está ficando cada vez mais precário de bagunçado. Com a maioria...

TV e Cinema

Engenharia do Cinema Fazendo um sucesso considerável nos Festivais de Cinema de Southwest e Sundance, finalmente chegou ao Brasil o longa “Morte Morte Morte“....

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos