O que você está procurando?

Válvula de Escape - Pablo Mello

Válvula de Escape #20 – Breve retrospectiva

O ano de 2017 ainda não chegou ao fim, no entanto o primeiro Válvula de Escape de dezembro traz um breve apanhado de algumas canções lançadas nos últimos 365 dias que (com toda certeza) merecem a sua atenção.

1 – A Cidade – Zimbra
A Zimbra é um dos maiores destaques santistas nos últimos anos entre o cenário nacional. Com dois discos lançados até aqui, a banda recentemente divulgou o single A Cidade, produzido por ninguém menos que o ex-Fresno, Esteban Tavares.

Continua depois da publicidade

Em contramão ao álbum Azul (2016), a nova faixa tem um aspecto mais melancólico, sem perder suas características base. Admito que algumas lágrimas caíram depois de ouvi-la pela 29282929 vez.

2 – Quando Chove no Varal – Maglore
A Quando Chove no Varal apareceu aqui no Blog’N Roll há algumas semanas, quando abordei o álbum Todas As Bandeiras – ao qual a canção faz parte.

Continua depois da publicidade

Sim, ela é ainda mais depressiva que a música acima. Mas o que vale ressaltar nela (e quiçá em todo o álbum) é a forma como o grupo consegue reunir lo-fi, psicodelia, pop e rock num só trabalho. Fico um tanto hipnotizado, especialmente pelas linhas de guitarra.

3 – Adiante – Nevilton
Adiante é a faixa título do último álbum do Nevilton, lançado no último mês. A música contou com a participação especial dos músicos Jajá Cardoso (Vivendo do Ócio) e Thadeu Meneghini (Vespas Mandarinas).

Animada, a canção aborda um romance cotidiano e tem sua melodia em torno de um pop rock, com distorções bem encaixadas.

As vozes de Nevilton, Thadeu e Jajá dão um ar de informalidade à música, como se estivessem literalmente conversando enquanto cantam em alguns momentos.

Continua depois da publicidade

4 – Crashing Waves – Heitor Vallim
Voltando a bad vibes, Crashing Waves é uma das novas canções do cantor de folk Heitor Vallim, que assim como a Zimbra, também é conterrâneo do Blog’N Roll. A canção foi masterizada por Ricardo Ponte, que venceu  o Grammy Latino com a Scalene pelo prêmio de Melhor Álbum Rock.

Se você ouviu o EP Naissance (2016), irá notar uma certa diferença na sonoridade do músico. Apesar de Heitor ainda estar ligado ao folk, pode-se notar algo mais próximo do indie, de fato. Se você gosta de Of Monsters and Men, por exemplo, deverá curtir também o novo som do artista.

https://www.youtube.com/watch?v=Kfr1xKvN-rI

Continua depois da publicidade

5 – Bleending – Deb and The Mentals
Para os apaixonados por grunge, garage e afins, a paulistana Deb and Mentals é a banda da vez. A faixa Bleending abre o álbum Mess, lançado neste ano. Logo que ouvi o som, lembrei de L7, Hole e Bikini Kill.

A banda conta com os músicos Giuliano do Martino (bateria), Guilherme Hypholito (guitarra) e Stanislaw Tchaick (baixo), além da própria Deb Babilônia (vocais).

6 –  Once Before – The Outs
Após lançarem um disco todo em português no último ano, chamado Percipere, os The Outs voltaram às suas origens “oasisticas” com o single Once Before. Eu adoro a forma com que a voz do Tiago Carneiro – vocalista do grupo – me lembra o Liam Gallagher, apesar da sonoridade da faixa lembrar mais o novo disco do Noel, que a propósito já até elogiou a banda carioca.  

Continua depois da publicidade

Os músicos Vinícius Massolar (guitarra, teclado, baixo e backing vocal), Gabriel Politzer (bateria e percussão) e Dennis Guedes (guitarra, baixo e backing vocal).

Curtiu a lista? Comente sua opinião abaixo!

Continua depois da publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Agenda

Atrações ‘da casa’ e nomes de peso da música nacional fazem parte da programação comemorativa ao aniversário de 478 de Santos. Pitty, Jota Quest,...

BR

A The Outs, que completou dez anos em 2021, lançou o seu terceiro álbum de estúdio, Onde Tudo Se Encontra. O experimento de novas...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos