Nossas redes

O que você está procurando ?

BR

Anônimos Anônimos convida Phil Fargnoli (CPM22) em Esse Cara Não Sou Eu

O trio punk rock paulistano Anônimos Anônimos volta com a irônica e enérgica Esse Cara Não Sou Eu no streaming e em videoclipe (com participação do ator Daniel Faleiros Miglano). A música ainda conta com Phil Fargnoli do CPM22 na segunda guitarra.

Esse Cara Não Sou Eu é o segundo single da banda via Repetente Records, a recém-lançada gravadora de Badauí, Phil Fargnoli e Ali Zaher do CPM22. A distribuição é da Ditto Music.

O punk rock do Anônimos Anônimos fica mais agressivo e repleto de camadas sonoras em Esse Cara Não Sou Eu, diferente do single de estreia Só Se Morre Uma vez.

Publicidade

A participação de Phil é crucial para atingir a sonoridade densa e contagiante do novo single. O músico do CPM22 — e um dos cabeças da Repetente Records — produziu todas as faixas do EP Baita Astral (lançamento em breve) e, durante a gravação, eles sentiram que esta música tinha espaço para mais camadas.

Phil então criou arranjos e texturas de guitarra, além de uma introdução no teclado, que ficaram muito marcantes e levam a canção para outro nível, com personalidade um tanto sombria, reforçada pelo clipe.

Um clipe ‘proibido para menores’, como a banda sugere – brincando, mas nem tanto, por envolver drogas, armas e nudez. A produção é estrelada por uma atuação brilhante do ator Daniel Faleiros Migliano, que já participou de diversas novelas na TV, curtas, longas e peças de teatro.

A letra e a história do clipe são um retrato do famigerado Homem de Bem, seu ego e seus sagrados — e supostos — símbolos de poder e sucesso.

Publicidade

A Anônimos Anônimos contextualiza a música e o clipe:

“Todo mundo conhece aqueles caras que vivem pela imagem de ‘fodões’, ‘macho alfa’ e acabam reféns do padrão. Uma existência baseada na competição e performance, com um sentimento de infelicidade por trás, por nunca se achar o suficiente. E, claro, em se tratando se um contexto masculino, tudo isso é potencializado e vira uma bomba de ressentimento, agressividade, ódio, pulsão de morte e auto-destruição”.

O clipe, filmado em um galpão e também com cenas da banda na casa de shows de Diadema Studio 1100, foi dirigido por Rick Costa, com assistência de direção de Thiago Ramos. Maquiagem e cabelo por Bianca Megda.

Publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Gringolândia

O Simple Minds anunciou o lançamento de Direction of the Heart, seu décimo oitavo álbum de estúdio, para o próximo dia 21 de outubro....

BR

Pop, R&B e forte impacto visual inspirado pelo mundo da moda marcam o trabalho da cantora e compositora carioca Marianna. Seu novo som é...

BR

Dois anos após o lançamento do álbum Beleza Isolar, o cantor e compositor Leo Middea dá o primeiro passo para seu novo disco ao...

BR

saudade entregou mais um gostinho de seu novo álbum, bem vindo, amanhecer, com uma canção onde transforma a ilusão das comédias românticas em uma...

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos