O que você está procurando?

BR

Odair José faz feats com a inteligência artificial em novo álbum; ouça!

Aos 75 anos e com 54 anos de carreira, Odair José apresenta seu 39º álbum, Seres Humanos (e a Inteligência Artificial), com produção dirigida por Junior Freitas e lançamento da Monstro Discos.

Artista e produtor se aliam à tecnologia na execução de um projeto simples, como é do feitio de Odair, mas como sempre pensado nos mínimos detalhes para oferecer ao público um trabalho atual e de qualidade.

“A inteligência artificial é uma ferramenta eficaz, curiosa e divertida, que está presente cada vez mais na rotina do nosso tempo. A ideia foi utilizar essa parceria em alguns momentos, na feitura do álbum. E também canto uma canção em dueto com ela”, conta Odair.

Continua depois da publicidade

Em 13 canções inéditas, Odair José coloca seu olhar afiado sobre os seres humanos e o sentido da vida para fazer um álbum contemporâneo, pop, com pegada rock’n’roll, riffs de guitarra e seu canto visceral.

“Cada canção aborda um tema, com a ideia de colocar para o ouvinte situações comuns na vida de uma pessoa e tentar provocar reflexões sobre o verdadeiro sentido da nossa existência sem arrogância, hipocrisia ou individualismo… procurando entender as razões das nossas dificuldades para esclarecer dúvidas e, quem sabe, buscar uma convivência melhor!”, revela Odair.

Entre os temas, trilha o caminho do desenvolvimento humano em DNA, que anunciou o novo álbum, volta a falar de homossexualidade e de liberdade sexual na balada soul Desejo, o segundo single de Seres Humanos (e a Inteligência Artificial), e revela canções de acento pop e radiofônico como Roupa.

A Inteligência Artificial tem um papel técnico em todo o álbum, que foi masterizado por ela. Mas a IA também tem voz. A voz fornecida por Charlote (elevenlabs.io) faz a narrativa de abertura do álbum, na faixa Seres Humanos e Nádia, IA da Audimee, canta em dueto com Odair José na faixa-bônus, No Ponto.

Continua depois da publicidade

A utilização da IA não para por aí… seguindo as orientações de Odair e do produtor Junior Freitas, ela toca piano acústico em Repetições e Submisso, baixo acústico em Submisso, bateria em Bipolar, fender rhodes em O Sono e percussão adicional em Sobre a Gente.

É Odair José, mais uma vez, à frente do tempo, inovando, ousando e criando mais uma obra prima da música popular brasileira.

Continua depois da publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Gringolândia

O Coldplay anunciou, nesta segunda-feira (17), o lançamento de seu décimo álbum, Moon Music. O disco estará disponível nas lojas e em serviços de...

Gringolândia

The Offspring está de volta ao jogo. A banda anunciou um novo álbum, Supercharged, para 11 de outubro via Concord Records. O anúncio veio...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos