Encontre no blog...



Gringolândia

WAR retoma com coletânea especial com os maiores hits

Tudo começou em 16 de julho, quando o show do WAR de 2007 no Grove, em Anaheim, foi transmitido integralmente no YouTube. Durante o evento, Lonnie Jordan (atual membro e fundador do WAR) e o compositor e produtor Jerry Goldstein compartilharam suas memórias do show e responderam a perguntas dos fãs na seção de chat.

A retrospectiva recém-produzida em comemoração aos 50 anos do WAR pode ser assistida no mesmo canal. Ela apresenta uma sessão de perguntas e respostas com Lonnie Jordan e Jerry Goldstein, que ajudaram a começar a banda e produziram todos os álbuns.

Outros destaques incluem testemunhos de artistas influenciados pelo WAR, uma oportunidade de cantar junto com o vídeo de Why Can’t We Be Friends?, recentemente atualizado para 4K, e uma prévia exclusiva do Greateste Hits 2.0, do WAR.

Continue lendo após a publicidade

Disponível em todas as plataformas de streaming desde sexta-feira (12), a coletânea inclui 24 faixas gravadas entre 1970 e 1994, com os singles Slipping Into Darkness, The World Is A Ghetto, The Cisco Kid, e Summer.

Outro single de ouro, Why Can’t We Be Friends? permaneceu nas paradas por 31 semanas e se tornou a trilha sonora da missão espacial EUA-União Soviética (Apollo-Soyuz), na qual astronautas e cosmonautas se conectaram ao espírito da amizade.

A banda WAR foi criada no final dos anos 60 pelo produtor e compositor Jerry Goldstein e pelo cantor britânico Eric Burdon, que morava em Los Angeles e estava ansioso para buscar novos colaboradores depois de vários anos com o The Animals.

Goldstein encontrou os músicos que se tornariam da WAR tocando em clubes em L.A. Pouco depois, Burdon começou a fazer shows com a banda e se conectou com os músicos, que conseguiam acompanhar seus devaneios com a facilidade de mestres do jazz.

Continue lendo após a publicidade

Originalmente anunciado como Eric Burdon e WAR, o grupo gravaria três álbuns juntos: Eric Burdon Declares War (que trouxe o hit Spill The Wine), e o álbum duplo, The Black-Man’s Burdon sendo lançado com grande aclamação, seguido após alguns anos pelo lançamento de Love Is All Around.

Após Burdon sair do grupo em 1971, o WAR recomeçou sem ele, e sua carreira ganhou vida própria conforme sua popularidade disparava graças aos três álbuns R&B consecutivos no número 1 dos charts: The World Is A Ghetto (álbum mais vendido de 1973 da Billboard), Deliver The Word e Why Can’t We Be Friends?

Continue lendo após a publicidade

ACOMPANHE

FacebookTwitterInstagramSpotifySpotify
PUBLICIDADE

CATEGORIAS

PUBLICIDADE

Posts relacionados

Gringolândia

Smith/Kotzen divulgou nesta sexta-feira (26) o EP de quatro faixas Better Days, que reflete a força contínua da parceria dinâmica de escrita e gravação...

Especiais

Após o sucesso de Gueto, Iza traz uma estética diferente no seu novo single. Sem Filtro já está disponível em todos os streamings de...

BR

O novo single do rapper Sv7urno, Lost Boy, tem um beat produzido pela Cabine 808 e traz a essência de um artista que retrata...

BR

A banda Zander lançou o álbum Em Carne Viva. Nas suas oito faixas, o disco transforma tudo isso em reflexão, transpiração e paixão pelo...