Nossas redes

O que você está procurando ?

Juntos Pela Vila Gilda

Entrevista | Cláudio Lins: “É uma maneira de devolver o carinho que nos dão”

Cláudio Lins está confirmado no Juntos Pela Vila Gilda. Entre lives, o projeto Ziriguidum, planos futuros e cuidado com a pandemia, Claudio destaca o tempo livre para fazer ações solidárias.

Dia a dia na pandemia e criatividade

O início da pandemia, com as pessoas assustadas em casa, se mostrou um período fértil para Cláudio Lins. “Logo comecei a produzir e emendar nas minhas próprias lives. Logo, se mostrou surpreendentemente ativa”.

Com a febre das lives, a criatividade tem que estar a todo vapor, como explica o músico. “Não é um show que você se prepara para fazer várias vezes. Tem que ser diferente na próxima. Toda tempo, tanto que não tenho tido tempo para compor e nem para desengavetar outros projetos”.

Publicidade

“Assumi, junto com a minha esposa, muitas atividades da casa. Acabou que quando a nova rotina se estabeleceu, o tempo ficou mais apertado do que antes, por incrível que pareça”.Claudio Lins

Lives e Ziriguidum

Adaptando-se à nova realidade, Claudio é um dos criadores do #ZiriguidumEmCasa. Com um time formado por nomes de prestígio, ele consegue entregar música e cultura em tempos de confinamento.

Entre os nomes que já passaram pelo projeto estão Jorge Vercillo, Nelson Faria, Roberto Menescal, Pedro Mariano e Jair Oliveira.

“Logo no primeiro fim de semana de confinamento pensei no Ziriguidum. Com os cancelamentos de shows meus e de outros artistas, me veio a ideia de juntar e fazer uma espécie de festival”.

Junto a Roberto Feitosa, administrador do site Ziriguidum, o projeto teve seu início. “Aproveitando a tecnologia, na mesma semana já estávamos no ar com a primeira edição”.

Publicidade

E no meio de solidariedade e exemplo de que os artistas estão em casa, o projeto alcançou o objetivo de entregar arte e música.

Projetos futuros e a pós pandemia

Com a nova rotina, o foco de Cláudio está totalmente voltado para as lives. Com dois shows no ar, e tendo seu último álbum lançado em 2009, o momento pede adaptação.

“As lives têm uma demanda enorme, mesmo que ainda não renda muito ou quase nada. É uma rotina que me consome de um modo que não consigo pensar em projetos futuros. Mas, se houver um próximo lançamento, será entregue digitalmente. É possível e temos que aprender a lidar”.

Contudo, a ideia pós pandemia continua sendo um ponto de interrogação na cabeça de muitos.

Publicidade

“As lives vieram como uma possibilidade de comunicação. E não devemos perder. Entretanto, retomaremos as apresentações presenciais. Elas têm um valor diferente, tem emoção, encontro, o social”.

Influências

Cláudio Lins tem o gene absoluto para a arte. Filho de Ivan Lins e Lucinha Lins, ele tem uma carreira que gira em torno de música, filmes, novelas e teatro. Porém, “nunca houve pressão”.

“Dos meus irmãos, fui o único que abraçou a carreira. Foi influência, mas associada à uma intuição e vontade natural minha. Como o filho de médico se tornando médico”.

Juntos Pela Vila Gilda

Cláudio Lins se apresentará no primeiro dia do Juntos Pela Vila Gilda, no sábado (25).

Publicidade

“Acho importante os artistas poderem se associar a movimentos sociais que ajudam as outras pessoas coletivamente. Logo que sou requisitado, me envolvo. É uma maneira de devolver pra sociedade o carinho que nos dão”.

Contudo, deixa um aviso que “há algumas campanhas que não estão funcionando tanto, pois as pessoas estão ficando sem dinheiro para ajudar. O que não é motivo para não participar. O envolvimento com as ações sociais são importantíssimas”.

Publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos