Nossas redes

O que você está procurando ?

Som na Vitrola - Victor Persico

Som na Vitrola #71 – Os anti-27: nem todos os bons morrem aos 27 anos

Quem nunca se envolveu nas teorias macabras e proféticas que giram em torno do Clube dos 27? O Clube é formado por artistas que se foram no auge da carreira com a idade icônica de 27 anos.

Na lista, encontram-se grandes nomes da música como Brian Jones (Rolling Stones), Jim Morrison (The Doors), Jimi Hendrix, Janis Joplin, Amy Winehouse, Kurt Cobain (Nirvana). Existe até um site que trata sobre este assunto.

Publicidade

Para alguns, uma teoria de desocupados, falar sobre um grupo cuja causa mortis incluem envenenamento, suicídio e overdose.

Mas com uma coincidência esquisita, um executivo em um dos fóruns de músicas perdidos pela internet, notou que demora para os artistas ficarem famosos, e o fim da casa dos 20 anos permite uma expansão demográfica maior e mais tempo para a construção de público.

Além de que, pode haver aspectos biológicos em jogo. Um corpo pode suportar noitadas regadas à tudo que tem direito, e uso extremo de drogas aos 21 anos, mas aos 27, já há um pouco de envelhecimento. O sistema pode entrar em colapso e “Tchau!”, assim como foi com Morrison e Winehouse.

Existe a anti-teoria que diz haver um enorme número de artistas morrendo jovens, e que não fazem parte desta faixa etária cabalística. Eis alguns deles:

Publicidade
  • Keith Moon (The Who), 32 anos

O lunático baterista do The Who morreu dormindo, após ter tido uma overdose de medicamentos usados para o tratamento de alcoolismo.

Após passar a noite com Paul McCartney, assistindo o filme The Buddy Holly Story, Keith Moon voltava para o apartamento de um amigo, o mesmo em que Mama Cass, vocalista do Mamas & The Papas havia falecido anos antes. Na manhã seguinte, era encontrado morto.

Os abusos de drogas foram tão fortes durante sua vida, que Keith Moon parecia ter 45 anos de idade, ao invés de 32.

 

 

Publicidade
  • Bob Marley, 36 anos

Marley faleceu devido à um câncer de pele, que rapidamente tomou conta de seu cérebro, pulmão e estômago. Lutou por oito meses contra a doença.

Hoje seu túmulo é um lugar para peregrinação, com rituais rastafáris na Jamaica.

 

 

 

Publicidade

 

 

  • Karen Carpenter (The Carpenters), 32 anos

A vocalista do Carpenters e dona de umas das vozes mais cristalinas da década de 1970, faleceu devido à anorexia nervosa.

Desde o início da carreira, Karen tinha a auto-estima baixa, por causa de sua mãe que a fazia se sentir mal quando subia um pouco o peso, isso desde sua época de escola, e as pressões na carreira artística. Além da anorexia, Karen sofria de bulimia.

Publicidade

 

 

 

 

Publicidade
  • Jeff Buckley, 30 anos

Após gravar algumas músicas para seu segundo trabalho, Buckley resolveu nadar no rio Wolf River no Mississipi. Um amigo que estava com ele, disse que o cantor estava boiando no rio cantando Whola Lotta Love, do Led Zeppelin, e em seguida silêncio. O corpo foi encontrado perto da nascente do Mississipi, já sem vida.

 

 

 

 

Publicidade
  • Buddy Holly, 23 anos. Big Booper, 29 anos. Ritchie Valens, 17 anos

Conhecido com “O Dia Que A Música Morreu”, no fatídico dia de 3 de fevereiro, o avião que iria do Iowa para Dakota do Norte caiu, levando ao óbito os três guitarristas, que viviam um momento de ascensão. A causa da queda do avião foi erro humano e más condições climáticas.

 

 

 

Publicidade

 

  • Randy Rhoads, 25 anos

O ex-Quiet Riot, e guitarrista oficial e mais lembrado na carreira de Ozzy Osbourne, também veio a falecer devido à queda de avião. Mas o motivo chega a ser revoltante: O motorista do ônibus estava pilotando o avião, com a licença suspensa, sob efeito de cocaína e passando por um turbulento divórcio.

O piloto resolveu brincar de voar baixo com o avião, para assustar quem estava assistindo, mas na quarta vez o avião raspou a asa no ônibus da turnê, passando por um pinheiro, terminando dentro de uma garagem.

Infelizmente, não houve sobreviventes, e Ozzy Osbourne até hoje se diz não resolvido com a tragédia

 

Publicidade
  • John Lennon (The Beatles), 40 anos

Quem não se lembra do dia 8 de dezembro de 1980, quando o fã, Mark Chapman, disparou 5 tiros pelas costas de Lennon em frente ao Edifício Dakota, em Nova Iorque ?

Horas antes, o assassino havia pedido um autógrafo na capa de seu último álbum, Double Fantasy.

Lennon virou lenda com sua luta pela paz e seu envolvimento em protestos contra a Guerra do Vietnã.

 

 

Publicidade
  • John Bonham (Led Zeppelin), 32 anos

Bonham, que controlava a sua ansiedade de estar longe da família, com doses descomunais de vodka, foi encontrado morto devido à asfixia por vômito, após uma noitada na casa de Jimmy Page.

Na autópsia não foram encontrado traços de drogas.

 

 

Publicidade

 

 

 

  • Layney Staley (Alice In Chains), 34 anos

Em meados de 1996, Staley se afastava dos holofotes e se tornava recluso, devido à depressão, seguido de uma pesada dependência química.

No dia 5 de abril, o corpo do músico foi encontrado já em estado de decomposição, sentado no sofá, com a tv ligada, com dois cachimbos de crack e algumas carreiras de cocaína.

Publicidade

 

 

 

 

Publicidade
  • Jim Croce, 30 anos

Conhecido por uma voz única e pelos hits Bad, Bad Leroy Brown, Carwash Blues, Time In a Bottle, teve sua carreira terminada, após um acidente de avião que matou parte de sua equipe e seu companheiro de palco Maury Muehleisen.

Croce ficou imortalizado no filme Django, com a canção I Got A Name.

 

 

 

Publicidade

 

 

  • Stevie Ray Vaughan, 36 anos

Stevie e membros da equipe de Eric Clapton, faleceram após a decolagem de um helicóptero em East Troy, próximo à uma pista de artificial de ski.

As hélices teriam se enroscado nos cabos de aço do teleférico, fazendo com que elas parassem e apenas a cabine começasse a girar, fazendo com que todos fossem atirados para fora.

 

Publicidade

 

  • Elvis Presley, 42 anos

No dia 16 de agosto, Elvis falecia em Graceland. Seu enterro foi um dos mais assistidos na história da TV e um dos mais impactantes. Algumas teorias dizem que, além de que ele não morreu, é que não teria sido um infarto que o matou, mas sim um colapso no intestino forte.

Até hoje os fatos que giram em torno de Elvis são motivos de debate.

 

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

TV e Cinema

Engenharia do Cinema Após o sucesso de “Bohemian Rhapsody” e “Rocketman“, Hollywood apostou em fazer a cinebiografia definitiva de um dos maiores nomes da...

Gringolândia

Ozzy voltou. Marque o dia 9 de setembro na agenda como a data de lançamento de Patient Number 9, o novo álbum de Ozzy...

Especiais

Quem acompanha o Blog n’ Roll há anos já sabe o que pensamos: o Rolling Stones é a maior banda de todos os tempos...

Gringolândia

Grande nome do cenário britânico atual, Yungblud lançou o single The Funeral. A faixa é acompanhada por um vídeo apresentando os lendários Ozzy &...

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos