O que você está procurando?

Crédito: Ronny Santos / Folhapress

Especiais

Iron Maiden vibra com show poderoso e cheio de sons novos, no Morumbi

Em uma noite fria na cidade de São Paulo, no último domingo (4), o Iron Maiden lotou o estádio do Morumbi com a turnê Legacy of the Beast, que também passou por Curitiba, Ribeirão Preto e Rio de Janeiro.

A abertura ficou a cargo da banda sueca Avatar, que subiu ao palco pouco antes das 19h e conseguiu conquistar o público com seu heavy metal melódico com toques de Industrial.

Johannes Eckerström se mostrou um frontman muito carismático, conversando bastante com o público e mantendo todos entretidos com a sua performance circense. Destaque para a faixa Smells like a Freakshow, onde a banda conseguiu puxar o público para cantar junto o refrão.

Continua depois da publicidade
Ronny Santos / Folhapress

Passava das 20h quando Bruce Dickinson e o Iron Maiden subiram ao palco atacando com Senjutsu, faixa que dá título ao 17º álbum lançado pela banda e foi muito bem recebido pelos fãs.

Na sequência, a banda emendou com a também recém lançada, Stratego, e ali ficou claro que parte do encanto do show é ver como eles se mantêm ativos e produtivos.

Ao invés de ser apenas um show de hits, a primeira metade do show foi focada em materiais lançados mais recentemente, o que de jeito nenhum esfriou o público, que não deixou a banda desamparada e cantou junto o tempo inteiro.

No palco, a eletricidade de Steve Harris, Janick Gers e do vocalista Bruce Dickinson era tamanha que nem pareciam estar vindo de sexagenários.

Crédito: Rony Santos / Folhapress

Um contraste muito interessante foi notar a quantidade crianças acompanhadas de seus pais, cantando clássicos de outrora como Run to the Hills, Fear of the Dark e The Trooper.

Outro destaque foram as aparições do gigante Eddie, o mascote da banda, duelando com uma espada ou caracterizado como um soldado britânico.

Continua depois da publicidade

Mais do que um simples show de rock, a apresentação do Iron Maiden ainda é um programa com capacidade de entreter qualquer pessoa que admire um bom espetáculo.

Por fim, a banda atacou de Aces High, onde um avião gigante sobrevoou os integrantes no palco, encerrando uma apresentação impecável. Em suma, ficou claro que o Iron Maiden tem todos os méritos para seguir tocando por muito tempo, com o apoio da sua legião de fãs.

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Agenda

O Lemonheads estará em São Paulo gravando um novo álbum – o primeiro de inéditas desde 2006 – e aproveita a passagem pela capital...

Agenda

A tragédia que aconteceu no Rio Grande do Sul uniu o Brasil em uma corrente de apoio às famílias devastadas pelas intensas chuvas e...

C6 Fest

O que pouco pode ser discutido acerca das duas edições do C6 Fest é sua curadoria. Os organizadores, desde a primeira edição, mostram-se atentos...

Especiais

Texto: Tassio Ricardo O Milky Chance retornou ao Brasil após seis anos de sua apresentação no Lollapalooza 2018, quando foi coadjuvante frente à um...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos