Nossas redes

O que você está procurando ?

Crédito: Stephan Solon

Especiais

Kiss leva 25 mil pessoas ao delírio em São Paulo

A banda mais quente do mundo, como gosta de ser chamada a Kiss, protagonizou um dos shows mais empolgantes da temporada na noite de sábado, na Arena Anhembi, em São Paulo. Vinte e cinco mil pessoas testemunharam a quinta passagem dos americanos pela Capital, que teve efeitos especiais, repertório de hits e explosões durante pouco mais de 90 minutos de apresentação.

Dispostos a aproveitarem ao máximo o tempo no palco, Gene Simmons, Paul Stanley e companhia apareceram com apenas dez minutos de atraso no tradicional elevador que os coloca em cena. A faixa de abertura também faz parte da missão de segurar os fãs do primeiro ao último minuto: Detroit Rock City é o pontapé com explosões em sequência.

Shout It Out Loud e Calling Dr. Love, dos álbuns Destroyer e Rock and Roll Over, respectivamente, vieram na sequência e agradaram em cheio ao público, que era uma mescla interessante de crianças, jovens e adultos, muitos acompanhados dos filhos e que seguem os caras pintadas desde 1983, ano da primeira turnê pelo País.

Publicidade

Mas uma grande banda não pode viver apenas do passado. Após o início arrebatador, com três músicas da fase de ouro do grupo, nos anos 1970, o Kiss tocou o primeiro single de Monster, seu novo álbum. Hell or Hallelujah foi cantada em uníssono pelos fãs e mostrou que os americanos continuam com um forte poder de renovação no repertório.

Gene Simmons assumiu o vocal e mandou mais um petardo do novo disco: Wall of Sound, que botou o público para pular.

Os hits voltaram com força após uma breve apresentação do Monster. Hotter Than Hell e I Love It Loud esquentaram a noite fria de São Paulo e foram cantadas de ponta a ponta pelo público.

Outta This World é o momento de maior destaque de Tommy Thayer. O guitarrista canta a canção, emenda um dueto habilidoso com o baterista Eric Singer e voa após o término da música.

Publicidade

Suspenso no alto do palco, juntamente com Singer, solta fogos de artifício de sua guitarra, enquanto o baterista retribui com mais explosões. O momento circense dos caras começa para valer a partir disso.

Passado o momento de Thayer, Simmons votal aos holofotes. Executa um solo de baixo, cospe o seu tradicional sangue de groselha e também voa para a parte mais alta do palco. Finaliza o seu número com a clássica God of Thunder.

Psycho Circus e War Machine antecedem mais um grande momento dos músicos. Em Love Gun, Stanley sobrevoa o público em uma tirolesa e canta a música no meio do público. Black Diamond encerra a primeira parte do show.

Lick it Up e I Was Made For Lovin’ You deram início ao bis apoteótico. O maior sucesso do Kiss encerrou a noite inesquecível dos fãs: Rock and Roll All Nite. Chuva de papéis picados e uma queima de fogos deram números finais ao show.

Publicidade

Assista abaixo o show na íntegra, que teve transmissão ao vivo do portal Terra

Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts relacionados

Agenda

Pilar sólido do influente hardcore nova-iorquino e uma das bandas mais cultuadas do gênero no mundo, o Gorilla Biscuits enfim volta ao Brasil após...

Agenda

Bruce Dickinson acaba de anunciar a banda brasileira Clash Bulldog’s para abrir os shows da turnê brasileira como convidados especiais. As apresentações acontecem entre...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos