Nossas redes

O que você está procurando ?

The Valet -- In “The Valet,” world famous movie star, Olivia (Samara Weaving) faces a PR disaster when a paparazzi snaps a photo of her with her married lover, Vincent (Max Greenfield). The hard-working valet Antonio (Eugenio Derbez) accidentally appears in the same photo and is enlisted to pose as Olivia’s new boyfriend as a cover up. This ruse with Olivia thrusts Antonio into the spotlight and unexpected chaos. In this fish out of water romantic comedy, two worlds and cultures collide as both Olivia and Antonio start to see themselves more clearly than ever before. “The Valet,” directed by Richard Wong and written by Rob Greenberg and Bob Fisher, is the English-language remake of the hit French film. Antonio (Eugenio Derbez) and Olivia (Samara Weaving), shown. (Courtesy of Hulu)

TV e Cinema

Crítica | Casal de Fachada

Engenharia do Cinema

Se existe alguma comédia romântica recente que consegue explorar uma premissa conhecida de forma diferente, e ainda tirar boas risadas, esta é “Casal de Fachada“. Realizada pela Lionsgate, foi vendida para a Hulu nos EUA e na América Latina pelo Star+. Embora em um primeiro momento se assemelhe com a ideia do recente “Case Comigo“, estamos falando de uma produção que não só respeita a origem latina dos atores (pelos quais possuem diálogos constantes em espanhol), como também o próprio espectador que está cansado do “mais do mesmo”.

Inspirado no longa “La doublure“, de Francis Veber, a história gira em torno do manobrista Antonio (Eugenio Derbez), que após sofrer um acidente, acaba esbarrando com a famosa celebridade Olivia (Samara Weaving) e seu amante Vicent (Max Greenfield), que é um influente político e empresário de Los Angeles. Porém, como este é casado ele lhe propõe uma situação inusitada para ele esconder a situação: lhe pagar para fingir ser o novo namorado de Olivia.

Publicidade

Imagem: Pantelion Films (Divulgação)

Apesar de em um primeiro momento termos a sensação constante de estarmos vendo um “mais do mesmo”, o carisma de Derbez e Weaving consegue ir mais além do que poderia ter sido uma premissa banal. E isso também é graças ao roteiro de Bob Fisher e Rob Greenberg, que explora exatamente o que deveria ser extraído da dupla (rendendo várias piadas sensacionais e hilárias), a química da dupla convence o espectador facilmente em comprarmos a premissa (algo que está decaindo demais no cinema).

Embora a diversão seja ótima, estamos falando de um filme com uma metragem de quase 130 minutos (e isso é totalmente desnecessário para este gênero). E alguns espectadores podem se cansar quando estamos chegando aos 80 minutos (já que no escopo do mesmo, a narrativa fica um tanto que mais lenta e plantando mais “dúvidas” em nossas mentes).

Em uma época onde os serviços de streaming estão cada vez mais reduzidos à estreias questionáveis, “Casal de Fachada” consegue se estabelecer como uma das mais divertidas produções lançadas no formato, neste ano.

Publicidade

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

TV e Cinema

Nesta quarta-feira (18) estreia no Star+ a série Bel-Air. Situada na América moderna, a série oferece uma nova e dramática visão da jornada de...

Gringolândia

O Star+ anunciou que a minissérie do FX, Pistol, sobre o lendário guitarrista do Sex Pistols, Steve Jones, chegará em breve ao serviço de...

TV e Cinema

Engenharia do Cinema Durante os anos 90, o mundo acabou presenciando o caso da atriz Pamela Anderson e o roqueiro Tommy Lee, que tiveram sua sex-tape vazada e...

TV e Cinema

Após uma passagem bastante sucedida no Festival de Sundance deste ano, “Fresh” teve seu lançamento direcionado para as divisões de streaming adulto da Disney (Hulu nos...

Publicidade

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos