Nossas redes

O que você está procurando ?

Flashbang

Especiais

Fletcher sensualiza e esbanja carisma em retorno aos palcos

Atração do primeiro dia do Lollapalooza Brasil, a cantora norte-americana Fletcher subiu ao palco com motivos de sobra para celebrar o excelente momento da carreira. Após cinco meses sem fazer shows, ela retomou a atividade na América do Sul recentemente, comemorou o aniversário de 30 anos na última terça-feira (19), além de ter lançado o seu segundo álbum cheio, In Search Of The Antidote, no dia da apresentação no Autódromo de Interlagos.

No palco, Fletcher esbanjou carisma, talento e sensualidade. Conversou bastante com os fãs, sempre de forma divertida. Perguntou se alguém na plateia já havia feito sexo com ex ou tinha interessados em “desfuder” outra pessoa.

Flashbang

Antes de Girl Of My Dreams, a cantora tentou falar em português. “Selino? O que é selino? Um beijo? Ah, ok, irei te beijar mais tarde”, disse para uma fã que gritava desesperadamente na frente do palco.

A interação com os fãs foi frequente. Quando disse que tinha comemorado o aniversário há três dias, recebeu como resposta os versos de “Parabéns” em coro dos fãs. Emocionada com a atitude do público, Fletcher respondeu: “Vocês são tão fofos. Queria colocá-los no meu bolso!”

Publicidade

Apesar de muitos diálogos, Fletcher soube aproveitar muito bem o tempo. Montou um repertório com 15 canções, destacando um pouco de cada fase da sua carreira.

Pela primeira vez no Brasil, Fletcher deu uma destacada maior em seu álbum de estreia, Girl of My Dreams, lembrado cinco vezes durante a apresentação.

EPs e singles também marcaram presença, aliás com forte apoio dos fãs, como Undrunk e Girls, Girls, Girls.

Flashbang

Novo álbum de Fletcher tá na ponta da língua

Mas vale destacar como as canções mais recentes já estavam na ponta da língua dos fãs. Lead Me On, Eras of Us e Doing Better, os três singles que antecederam o lançamento do disco, foram as escolhidas.

In Search Of The Antidote, o novo álbum de Fletcher, surgiu de um esforço para examinar “o amor em todas as suas infinitas manifestações”. Aliás, a cantora faz questão de ressaltar isso o tempo todo.

Publicidade

A alegria de Fletcher no palco era muito visível. Em setembro passado, enquanto excursionava com o Panic! At The Disco, a cantora precisou interromper tudo após receber um diagnóstico da doença de Lyme. A doença causada por uma bactéria e transmitida por carrapatos, traz dores no corpo, fadiga e febre, além de problemas nas cordas vocais.

No Lolla, no entanto, ela vibrou com o retorno eficiente, indo ao encontro do público em dois momentos. Foi literalmente para os braços dos fãs, autografou seios e distribuiu abraços e beijos. Em resumo, era o carinho que precisava após os cinco meses de tensão pós diagnóstico da doença.

COLUNAS

Advertisement

Posts relacionados

Agenda

Pilar sólido do influente hardcore nova-iorquino e uma das bandas mais cultuadas do gênero no mundo, o Gorilla Biscuits enfim volta ao Brasil após...

Agenda

Os primeiros acordes a ecoarem na história do Coala Festival, lá em 2014, foram trazidos pelo equilíbrio de três guitarras, um violão, um baixo...

Agenda

O Oxigênio Festival começa a dar os primeiros sinais do que virá na edição 2024, que acontece entre 3 e 4 de agosto e...

Agenda

A banda Toto anunciou, nesta quarta-feira (3), que fará dois shows da Dogz of Oz World Tour! no Brasil. As apresentações acontecem no dia...

Publicidade

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Fika Projetos